Modalidades

Natação Infantil

A Metodologia Gustavo Borges propõe uma divisão dos alunos por idade e nível de aprendizagem, identificados através de toucas coloridas, correspondentes a cada nível. Para as crianças são respeitadas a idade das mesmas e as habilidades aquáticas desenvolvidas.
Os níveis são:
i-1
Bebe I
Crianças entre 6 e 12 meses, acompanhadas de um responsável. Objetivos gerais: ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, balanços, equilíbrio e mergulho.
Bebe II
Crianças entre 13 e 24 meses, acompanhadas de um responsável.
Objetivos gerais: ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, equilíbrio, deslocamentos e mergulho.
i-2

Bebe III
Crianças entre 25 e 36 meses, sem acompanhamento de um responsável.
Objetivos gerais: ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, socialização, equilíbrio, respiração, deslocamentos, mergulho, saltos e sobrevivência.

i-6

Adaptação
Crianças a partir de 4 anos Ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, controle da respiração, flutuação ventral, dorsal, grupada e vertical, nado sobrevivência, propulsão de braços e pernas alternados, saltos e cambalhota frontal.
Objetivos gerais: ambientação e adaptação ao meio líquido das vias sensoriais, controle da respiração, flutuação ventral, dorsal, grupada e vertical, nado sobrevivência, propulsão de pernas e tração de braços alternados, saltos e cambalhota frontal.

i-7

Iniciação
Crianças a partir de 5 anos que estejam adaptadas ao meio líquido. Fase inicial da caracterização dos nados Crawl, Costas e Peito.

i-4       i-3        i-5

Aperfeiçoamento I,II e III: Crianças a partir dos 6 anos com as habilidades do nível Iniciação consolidadas. Aprendizado do Borboleta e aperfeiçoamento da técnica dos 4 estilos, saídas e viradas.
Divisão dos níveis por cores. Programa semanal de aulas específico para cada nível pedagógico. Avaliações periódicas. Acompanhamento de objetivos e resultados.